Topo do Governo de Pernambuco
Link para Barra do Governo do Estado de Pernambuco PortalPE - pgina histria de Pernambuco PortalPE - pgina Perfil do Gorvenador PortalPE - pgina Secretarias do Estado PortalPE - pgina Programas do Governo PortalPE - pgina ltimasNotcias PortalPE - pgina Servios Online PortalPE - pgina Rdio SEI

Not�cias

Not�cias

Publicado em 18/03/2011 | Categoria: Informe/Agenda
Voltar

CHUVAS NORMAIS A ACIMA DA MDIA PARA OS PRXIMOS MESES.

A IV Reunião de Análise e Previsão Climática para o Setor Leste do Nordeste, realizada nos dias 16 e 17 de março no auditório do Centro de Tecnologias Estratégicas do Nordeste-CETENE, inova no seu formato e abre perspectivas para criação de parcerias e integração dos dados ente os centros de meteorologia estaduais e federais. Além dos representantes dos centros estaduais, presentes ao evento, participaram da realização do prognóstico das chuvas para os próximos meses, via vídeo conferencia, técnicos do INPE-CPTEC (São Paulo) e do INMET (Brasília). O prognóstico de chuvas para o setor leste do Nordeste Brasileiro, nos meses de abril e maio, é de chuvas normais a acima da média. Podendo ocorrer chuvas de intensidade moderada a forte, com alta variabilidade temporal e espacial em áreas na Região. O evento foi coordenado pela Agência Pernambucana de Águas e Clima-APAC e contou com a participação de entidades ligadas a defesa civil (veja análise completa no link http://www.apac.pe.gov.br/grac/boletim%20reunião%20climática2011_recife.pdf)

PILOTO DO SISTEMA NACIONAL DE ALERTA EM PERNAMBUCO

O evento contou com a participação do Dr. Carlos Nobre, Secretário de Políticas e Programas de Pesquisa e Desenvolvimento do Ministério de Ciência e Tecnologia, abordando o papel estratégico dos Centros Estaduais de Meteorologia na Consolidação do Sistema Nacional de Alerta de Desastre Naturais, que está sendo montado pelo governo federal e deverá ser inaugurado em novembro próximo. Um piloto deste sistema estará operando nas bacias do Una e Mundaú, em Pernambuco, a partir de junho.

METEOROLOGISTAS DISCUTEM INTEGRAÇÃO

Também proferiram palestras os Presidentes da Agência Pernambucana de Águas e Clima (APAC), Marcelo Asfora, e da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos do Ceará (FUNCEME), Eduardo Sávio. Marcelo Asfora apresentou as mudanças promovidas pelo Governo do Estado para fortalecimento do setor, entre elas a realização de concurso público para a APAC e investimento de aproximadamente oito milhões de reais na ampliação e melhoria da rede estadual de monitoramento hidrológico e meteorológico. Eduardo Sávio, conclamou as instituições presentes a inovar e promover melhorias e diversificação na elaboração de produtos que atendam às necessidades da sociedade, poder público e setores produtivos. Os dois dirigentes salientaram a necessidade de uma integração mais efetiva entre os Centros de Meteorologia  com integração das redes e bases de informação.

Participantes da reunião: APAC – Agência Pernambucana de Água e Clima-APAC (Coordenação); AESA - Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado da Paraíba; CPTEC - Centro de Previsão do Tempo e Estudos Climáticos; EMPARN – Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte; FUNCEME - Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos; SEMARH – AL – Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos; SARA – PE – Secretaria de Agricultura e Reforma Agrária de Pernambuco; CPRM – Companhia de Pesquisa de Recursos Minerais; INMET – Instituto Nacional de Meteorologia; ITEP – Instituto de Tecnológico de Pernambuco; UFPE – Universidade Federal de Pernambuco; CODECIPE – Coordenadoria de Defesa Civil de Pernambuco; CODECIR – Coordenadoria de Defesa Civil de Recife; CEDEC – Coordenadoria de Defesa Civil de Alagoas; RENE – Representação Regional do Ministério de Ciência e Tecnologia; INGÁ – Instituto de Gestão das Águas e Clima; Cruz Vermelha