Topo do Governo de Pernambuco
Link para Barra do Governo do Estado de Pernambuco PortalPE - pgina histria de Pernambuco PortalPE - pgina Perfil do Gorvenador PortalPE - pgina Secretarias do Estado PortalPE - pgina Programas do Governo PortalPE - pgina ltimasNotcias PortalPE - pgina Servios Online PortalPE - pgina Rdio SEI

Not�cias

Not�cias

Publicado em 07/04/2020 | Categoria: APAC em destaque
Voltar

Plano de trabalho para o desenvolvimento do Siga So Francisco apresentado em reunio online

Encontro aconteceu em ambiente digital com o GAT e a empresa vencedora do ato convocatório. O SIGA representa um grande passo para melhor gestão da Bacia e transparência de informações. 

A primeira reunião do Grupo de Acompanhamento (GAT) da construção do Sistema de Informações sobre Recursos Hídricos da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco foi realizada na tarde desta quinta-feira, 26/03, de forma remota, respeitando o isolamento social imposto pela Covid-19.

O encontro virtual teve o objetivo de apresentar o plano de trabalho da Ecoplan Engenharia, empresa vencedora do ato convocatório 019/2019 para desenvolvimento da concepção e implementação do SIGA São Francisco, que consiste numa plataforma tecnológica para gestão do conhecimento no âmbito da Bacia. A proposta é que o sistema consiga integrar e centralizar em um único local informações sobre a BHSF, para o acesso a qualquer pessoa.

Na conferência, os participantes debateram sobre calendário de ações, metodologias e fluxos de alinhamento entre a empresa e o GAT, que é composto por representantes dos órgãos estaduais que integram a Bacia, a Agência Peixe Vivo (APV) e o Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco, neste caso, por indicação da Câmara Técnica de Planos, Programas e Projeto (CTPPP) e Diretoria Colegiada (DIREC).

Um dos encaminhamentos da reunião foi o pré-agendamento de entrevistas com os representantes de cada estado para que a Ecoplan possa coletar informações e compreender os processos e as especificidades de cada região. Ficaram pendentes as datas para Sergipe e Goiás.

Construção conjunta

O Coordenador de Sistemas da APV, Mateus Carvalho, que vai trabalhar como fiscal do projeto, reforçou sobre a importância da participação de todos para que o SIGA contemple diferentes necessidades e realidades. “Buscamos uma plataforma que seja referência nacional e é importante que os envolvidos acompanhem as entregas parciais para avaliar e opinar sobre melhorias e adaptações, sempre seguindo nossotermo de referência,” comentou.

A ideia é mesmo essa. O Gerente de Projetos da Ecoplan, Pedro Gazzana, destacou que a metodologia utilizada para a construção do SIGA será com base no modelo Interativo e Incremental, que consiste numa estratégia para desenvolver várias partes do projeto em paralelo, possibilitando constantes atualizações.

Ele destaca, ainda, o desafio do trabalho: “é produzida e demandada uma grande quantidade de informação sobre o São Francisco, o que torna essencial a centralização dos dados em local compatível e acessível a todos os interessados”. Gazzana lembraque o projeto contará com uma política de segurança que vai contemplar pontos como controle de log, credenciais de acesso, notificações por email, métricas para senha, entre outros.

O SIGA

Além de centralizar os dados, o SIGA São Francisco vai integrar informações de recursos hídricos, permitir visualizações em formato geográfico e disponibilizar apresentação de indicadores, promovendo mais transparência.
Entre os entregáveis estão o SF MAP, módulo utilizado para visualização e análise espacial das informações do projeto, o que permite estudos e interpretações geográficas; o WEB Plan, utilizado para realizar gestão, manutenção e atualização dos dados referentes ao Plano de Recursos Hídricos e o Info SF, módulo para compartilhamento de informações relevantes na gestão de recursos hídricos entre estados, DF e Agência Nacional de Águas. A modelagem e o desenvolvimento devem ir até novembro deste ano, com possibilidade de extensão do prazo.

Para melhor gestão da Bacia

A professora da Universidade Federal da Bahia e membro titular do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco, Yvonilde Medeiros, ressaltou a importância do SIGA trazer informações claras e acessíveis. A assessora técnica da Secretaria do Meio Ambiente do Estado da Bahia, membro suplente do CBHSF, Larissa Cayres, concordou: “dados atuais e de qualidade num sistema único é fundamental para melhorar a gestão de toda Bacia.”

Além da equipe da Ecoplan Engenharia, estiveram presentes na reunião de hoje, a professora da UFBA e membro do CBHSF, Yvonilde Medeiros; a assessora técnica da Secretaria do Meio Ambiente do Estado da Bahia e membro suplente do CBHSF, Larissa Cayres; o professor e geógrafo da Universidade Federal de Alagoas, Esdras Andrade; o Gerente de Planos e Sistema de Informações da Agência Pernambucana de Águas e Clima, Erik Cavalcanti e Silva; o Superintendente de Recursos Hídricos da Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico do Distrito Federal, Gustavo Antônio Carneiro; Altair Maciel de Barros e Jader Vinícius, ambos da Secretaria do Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos de Alagoas e Robson Bastos, do Instituto Mineiro de Gestão das Águas – IGAM.


Da Agência Peixe Vivo participaram a Gerente de Integração, Rúbia Mansur, o Coordenador de Sistemas, Mateus Carvalho e o Gerente de Projetos, Thiago Campos.

 

Fonte: Assessoria de Comunicação CBHSF:

TantoExpresso Comunicação e Mobilização Social
*Texto: Andréia Vitório